sexta-feira, 29 de novembro de 2013

#15 Salão de festas - Buffet





Olá meninas!!

Hoje é dia de falar de um dos piores pesadelos de toda noiva: buffet. Se há algo que eu aprendi durante a preparação do casamento é que buffet é sorte. Depende do dia, depende de você, depende de tanta coisa, que não é só escolher um bom buffet, sentar e torcer para que dê tudo certo faz parte do processo.

Eu não fiz degustação em outros salões, mas posso dizer que todos eles podem errar. Por exemplo, uns muitos muitos anos atrás, fui a uma festa junina em que o buffet era um muito famoso aqui em Brasília. Estava tudo extremamente horrível! A comida gordurosa, pouca comida, enfim, o caos completo, tanto que devolveram o dinheiro da festa. Mas desde essa festa, só escuto falar coisas boas desse buffet!
Já contei para vocês também que fui a uma festa no espaço Patrícia em que a comida estava ruim mas que antes e depois disso só ouvi falar maravilhas de lá!

Bom, antes de fecharmos contrato com o Parthenon, fomos fazer uma degustação. Você chega lá e o salão está todo decoradinho e lindo, eles te colocam lá no fundo, em umas mesinhas especiais para degustação e te entregam uma folha de papel com os menus. Essa folha foi especialmente boa porque pudemos anotar o que gostamos e o que não gostamos. E sim, meninas, não existe isso de buffet perfeito, não gostamos de muitas coisas.

Faltando pouco para o casamento fizemos outra degustação, com o intuito de escolher o cardápio. Mais uma vez lá fomos nós com o papelzinho. Uma coisa nos preocupava bastante: o escondidinho de carne de sol. Primeiro porque no menu dizia carne de sol, os garçons diziam carne seca e nós sentimos gosto de nada. Sério! não tinha sal, não tinha sabor, nada! Além disso, no dia da segunda degustação os salgados estavam chegando para nós ainda congelados!
Quando fui definir o menu do casamento, conversei com a Eliane e falei "Olha, algumas coisas no cardápio não nos agradaram, por exemplo o escondidinho de carne de sol", para a minha surpresa, ela concordou comigo! Disse que nunca havia provado antes, mas provou e achou terrível! Me garantiu que eles mudariam a receita e que no dia do casamento estaria tudo perfeito.

Vocês devem imaginar que eu estava com medo da comida no dia do casamento, não é? Mas convidados vieram me falar muito bem e vieram elogiar o escondidinho! Então imagino que eles tenham mesmo mudado a receita. Aliás, eu ouvi SÓ comentários bons sobre a comida, o atendimento dos garçons, etc! Eu comi pouco, mas tudo que comi estava absurdamente fantástico! Inclusive, na hora de fechar o menu, não havia nenhum frango que me agradasse, então a dona inventou uma receita com manjericão (que eu amo).

Nosso garçomVIP foi o máximo, sempre solicito, sempre por perto. Não nos deixou faltar nada.

Qual foi a minha comida favorita da noite?

creme de Salmão defumado com Pringles. Meu deus do céu aquilo ali vale cada caloria! um pedaço do céu! Aliás, se as donas do Parthenon quiserem me dar o maior presente da minha vida, que por favor me ensinem essa receita ou me vendam um pouquinho sempre que tiver casamento, porque pensar que eu nunca mais vou comer isso é triste demais!

Meninas, quem for casar no Parthenon, não deixe de provar o salmão!

E a dica que dou para todas: Deixem, peçam, implorem para que haja degustação no dia do casamento de vocês! Porque se tiver algo errado, como os salgados estarem frios, as pessoas avisam a cozinha e esses errinhos não farão parte do casamento de vocês. E isso não quer dizer que o buffet é ruim! Há tantas coisas para fazer que às vezes uma coisinha ou outra passam sem que as pessoas da cozinha notem, acontece nos melhores lugares.

Recomendo? SIM. Não só o buffet, mas como o Parthenon por inteiro. Tudo foi perfeito, o atendimento foi impecável do início ao final. Todo mundo que trabalha lá foi atencioso conosco, nunca reclamaram da nossa presença para olhar as decorações, aceitaram minhas excentricidades em tudo. O quarto dos noivos é espaçoso (nós conseguimos juntar os padrinhos para ensaiar lá dentro!) e tudo saiu mil vezes melhor do que as minhas expectativas.

Até a próxima meninas, quando falarei sobre o último item do Parthenon, o DJ!